facebooktwitter_2youtube

Home Notícias Alimentação sustentável
Alimentação sustentável

 Palestra incentiva a substituição da carne por vegetais em prol de uma alimentação mais saudável

 

IMG_0612No dia 16 de novembro, o IFSULDEMINAS Campus Poços de Caldas recebeu a palestra “Alimentação Consciente”, proferida por Aline Ruffi, membro da ONG Alimentação Consciente Brasil, programa sem fins lucrativos que tem por objetivo promover um sistema de alimentação mais saudável e sustentável. Estiveram a frente da organização o Grupo de Trabalho do Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE) e a servidora Daniela Figueiredo.

O Alimentação Consciente Brasil faz parte de um movimento global de redução do consumo de carne existente nos Estados Unidos há mais de uma década, e hoje presente em diversos países como Alemanha, Inglaterra, México, Canadá, entre outros. A ONG trabalha junto a chefs e profissionais do setor de alimentação de todo o país com o intuito de incorporar aos cardápios de refeitórios e restaurantes saborosas e nutritivas opções sem carne e demais derivados de origem animal - uma mudança que promove saúde e protege o meio ambiente.IMG_0608

Nosso sistema alimentar está ligado diretamente a diversos problemas de saúde e de prejuízo ambiental, sendo que a produção de carne é um dos setores de maior impacto, pois é responsável por 80% do desmatamento da Amazônia, é a indústria que mais emite gases geradores de efeito estufa no mundo, além de ser um dos setores que mais utilizam água doce no planeta. De acordo com Aline, “hoje, o brasileiro consome quase o dobro de carne vermelha do que é recomendado pela Organização Mundial da Saúde, e este consumo está constantemente associado com o aumento no risco de câncer colorretal.”

Nós podemos mudar este cenário, e o objetivo da palestra foi justamente apresentar alternativas aos participantes e incentivá-los a mudarem seus hábitos alimentares. A nutricionista explicou como ter uma alimentação saudável em todos os ciclos da vida: “a mudança começa pela redução do consumo de carne e o aumento da ingestão de vegetais, que além de reduzir o risco de desenvolvimento de doenças, os alimentos de origem vegetal possuem baixa gordura saturada, zero colesterol e são ricos em fibras.” E ainda complementou, os benefícios não param por aí, “as leguminosas são ricas em nutrientes, acessíveis economicamente, além de garantirem biodiversidade e contribuir para adaptações climáticas”, assegurou Aline.

IMG_0625Para aqueles que querem começar e não sabem como fazer, escolha pelo menos um dia da semana para tirar a carne do prato ou participe de desafios como o de “21 dias sem carne”. “Participar dos desafios pode ajudar a enxergar como a redução é mais fácil do que se imagina. Além disso, é capaz de fazer descobrir novos e deliciosos sabores. Comprando feijão, lentilha, arroz, batata doce, amendoim, nozes, frutas e legumes você terá um verdadeiro arsenal de alimentos saudáveis capazes de suprir todas as suas necessidades nutricionais e por um valor extremamente baixo”, afirmou a nutricionista.

Texto e fotos: Heliese Pereira
Ascom/IFSULDEMINAS - Campus Poços de Caldas
Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo.
18/12/2017, às 10:03